Terça-feira, 17 de Julho de 2007

Para que serve o Amor?

De uma forma ou de outra, causando alegria ou tristeza, o amor faz parte da história de vida de qualquer ser humano.

 Então, por que será que ainda causa tanta ansiedade, dúvidas, sofrimento?

Obviamente causa também satisfação, realização e felicidade, mas parece que, ao dar tudo certo, uma frase teima em gritar por vezes na nossa cabeça: “tudo o que é bom, pouco dura !”

Sinceramente, acredito que o amor é para todos.

 

Porém, a questão é: mesmo sendo o amor para todos, nem todos são para o amor!!!

Como saber? Tu és? Eu sou? O que fazer para ser?

 Felizmente, a escolha é de cada um.

A decisão de ser e estar para o amor só depende das nossas atitudes, das nossas crenças internas, da nossa consciência e disponibilidade para se entregar a esse sentimento e aceitar os desafios que chegam com ele.

Precisariamos admitir que as derrotas que sofremos são consequências das nossas próprias atitudes, das nossas próprias escolhas.

Somente quando entendemos que somos responsáveis pela nossa felicidade, que podemos mudar, buscar novas alternativas, novas possibilidades e novas maneiras de viver.

Não importa quantas vezes caímos, mas quantas vezes nos levantamos.

Porque a vitória está exactamente, quando nos levantamos, nunca quando caímos!
E quando aplicamos essa teoria nos relacionamentos amorosos, não podemos considerar cada dificuldade como um sinal de que é hora de desistir, de acabar tudo...

Senão, passaremos a vida inteira em busca de alguém que nunca nos desaponte, nunca cometa nenhum erro ou nunca nos faça sofrer. O Amor não é isso.

São nos piores momentos que as nossas reacções mais contam para a nossa vitória ou o nosso fracasso. Ou seja, a função do amor é nos mostrar que o relacionamento entre duas pessoas é passível de dor e enganos e que isso acontece justamente para que possamos reflectir sobre nossa participação na dor e no engano.

Sim, porque não há culpado nem inocente. 

Sendo assim, no momento em que algo não vai bem na relação, a função do amor é levar-nos ao seguinte pergunta: por que escolhi esta pessoa? Certamente tenho algo a aprender com ela. E se ela é parecida comigo, o que há em mim que a atraiu?


Se tivermos coragem de nos fazer estas perguntas e, principalmente, de dedicar um precioso tempo da nossa existência em busca das respostas, poderemos chegar a duas conclusões: ou essa pessoa é um nosso mestre e, a despeito de todas as dificuldades, saberemos que podemos evoluir. Ou essa pessoa entrou na nossa vida para nos mostrar que algo dentro de nós tem de mudar muito, para que possamos atrair a pessoa certa.

Resumindo e pensando emocionalmente, sem a racionalidade acima:

Para que serve o Amor?

Que sem Amor, nao saberemos viver, porque o Amor é Vida e realmente pouca importância tem se nos encontramos com a pessoa certa ou errada, o que interessa é que todos os momentos devem ser vividos com uma enorme ternura, porque pensar de outra forma é negar o próprio amor e a nossa capacidade de amar. É negarmo-nos à vida e à nossa evolução enquanto seres humanos que somos!



publicado por Susana Ber. expressar às 23:10
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
3 comentários:
De Ze a 20 de Julho de 2007 às 09:38
Viver uma amizade como a tua, da para perceber para que serve o Amor!
Continua sempre como és!
Beijo


De Azaldo Madalena Azarias a 26 de Março de 2013 às 21:54
Amor é o centro da vida,que pode se ajudar a uma pesso ou amar algue com toda vontade criando uma boa vida.


De Azaldo Madalena Azarias a 26 de Março de 2013 às 21:55
Amor é o centro da vida,que pode se ajudar a uma pesso ou amar algue com toda vontade criando uma boa vida.


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 5 seguidores

.pesquisar

 

.Março 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Vida tão curta...

. Amar

. Emoções que comandam

. Vidas...

. Carta a minha Mae

. Esquecida...

. Anjo

. ...

. Eternidade...aquilo que s...

. Aceitação...Entrega...

.arquivos

. Março 2011

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Março 2009

. Abril 2008

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Desabafo da Alma

. Os Quatro Elementos

SAPO Blogs

.subscrever feeds