Terça-feira, 10 de Julho de 2007

Bem me quer...mal me quer...

Bem me quer, mal me quer
Dizia a sorte esgueirada
Para o Amor que queria ter
Alma que se sentia desamparada
 
A sorte não existe em coisas de Amor
Nem coisa alguma, que se procure ter
Nada se encontra no exterior
Estando tudo dentro de cada Ser.
 
Amor que germina sentindo
Amor que vive vivendo
Amor que brota em desatino
Em cada Ser se contendo
 
À espera de ser correspondido
Na ânsia em se entrelaçar
À espera apenas de ser vivido
O Amor que tem para ofertar
 
Bem me quer, bem me quer
Diria a sorte desenganada
Que o Amor está para quem quer
Para quem quer ser estimada.
 
Não há sorte nem azar que nos desampare
Quando o coração nos enche
Basta ter dentro um Amor impar

Aquele Amor que nos preenche...!


publicado por Susana Ber. expressar às 10:47
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 5 seguidores

.pesquisar

 

.Março 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Vida tão curta...

. Amar

. Emoções que comandam

. Vidas...

. Carta a minha Mae

. Esquecida...

. Anjo

. ...

. Eternidade...aquilo que s...

. Aceitação...Entrega...

.arquivos

. Março 2011

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Março 2009

. Abril 2008

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Desabafo da Alma

. Os Quatro Elementos

SAPO Blogs

.subscrever feeds